Medida emergencial vai injetar R$ 4 bilhões na economia das cidades brasileiras - 10/07/2018

Repasse extra do FPM beneficia municípios do RN

 FOTO: ANA AMARAL/PORTAL NO AR

 Prefeituras municipais de todo o país receberam nesta segunda-feira (9) repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A operação financeira foi executada pelo Governo Federal e atende pleito defendido por entidades políticas do Rio Grande do Norte. A medida emergencial vai injetar R$ 4 bilhões na economia das cidades brasileiras.

A proposta de repasse extra do FPM surgiu a partir de um seminário realizado em Natal em 2015. Organizado pela Federação dos Municípios do RN (Femurn), Associações Microrregionais de Municípios, Federação das Câmaras Municipais (Fecam-RN) e Assembleia Legislativa, o evento SOS Municípios definiu como prioridade, para socorrer as gestões municipais, a obtenção de receitas adicionais por meio da transferência federal.

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) ressaltou a importância do apoio de lideranças nacionais para execução do repasse extra do FPM. “Quero enaltecer a participação do deputado Henrique Alves, que se empenhou e usou a sua amizade pessoal para conquistar o apoio de Renan Calheiros e trazê-lo à Natal”, ressaltou o parlamentar.

O repasse extra é decorrente da Emenda Constitucional (EC) 84/2014. O montante de R$ 4 bilhões é referente a 1% do valor da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR), contabilizada entre o início de julho do ano passado até o final de junho deste ano.Prefeituras municipais de todo o país receberam nesta segunda-feira (9) repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A operação financeira foi executada pelo Governo Federal e atende pleito defendido por entidades políticas do Rio Grande do Norte. A medida emergencial vai injetar R$ 4 bilhões na economia das cidades brasileiras.

A proposta de repasse extra do FPM surgiu a partir de um seminário realizado em Natal em 2015. Organizado pela Federação dos Municípios do RN (Femurn), Associações Microrregionais de Municípios, Federação das Câmaras Municipais (Fecam-RN) e Assembleia Legislativa, o evento SOS Municípios definiu como prioridade, para socorrer as gestões municipais, a obtenção de receitas adicionais por meio da transferência federal.

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) ressaltou a importância do apoio de lideranças nacionais para execução do repasse extra do FPM. “Quero enaltecer a participação do deputado Henrique Alves, que se empenhou e usou a sua amizade pessoal para conquistar o apoio de Renan Calheiros e trazê-lo à Natal”, ressaltou o parlamentar.

O repasse extra é decorrente da Emenda Constitucional (EC) 84/2014. O montante de R$ 4 bilhões é referente a 1% do valor da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR), contabilizada entre o início de julho do ano passado até o final de junho deste ano.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12