Com a prisão de Gilson Limeira da Silva, detido no último dia 5 de junho, aumentam as chances de a polícia descobrir o paradeiro de Gerina Ribeiro da Silva - 12/06/2018

Polícia civil identifica suspeito de participação em sequestro de viúva

 Gerina Ribeiro da Silva foi sequestrada em 21 de abril de 2017

 A polícia civil identificou um dos envolvidos no sequestro de Gerina Ribeiro da Silva, de 24 anos, enquanto velava o corpo do marido no dia 21 de abril de 2017. O caso aconteceu numa casa de velório do bairro do Alecrim, na zona Leste de Natal, e até a agora a viúva segue desaparecida.

Com a prisão de Gilson Limeira da Silva, detido no último dia 5 de junho, na praia da Redinha, Zona Norte da capital potiguar, aumentam as chances de a polícia descobrir o paradeiro de Gerina Ribeiro da Silva. O homem detido é suspeito dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Ao ser preso, ele se identificou como integrante do Comando Vermelho, facção criminosa baseada na cidade do Rio de Janeiro.

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) também já tem a identificação de outro suspeito de participação no sequestro. Rony Emanuel Costa da Silva, de 22 anos, foi identificado em setembro do ano passado e está foragido.

Deicor investiga a relação do tráfico interestadual com o sequestro de Gerina e a morte do marido dela, Augusto Magalhães de Oliveira, morto a tiros em uma granja em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal, no dia 18 de abril de 2017. Dados apontavam que o homem assassinado tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Agora RN.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12