Homem se encontra na UTI após quatro horas de cirurgia para amputar perna - 16/04/2018

Potiguar mordido por tubarão terá sedação retirada ainda nesta segunda

O estado de saúde do potiguar mordido por um tubarão em Pernambuco segue delicado, segundo informações repassadas pelo Hospital da Restauração (HR), nesta segunda-feira (16). A vítima segue entubada e permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital.

Pablo Diego Inácio de Melo respira com a ajuda de aparelhos e usa drogas vasoativas para manter a pressão arterial estabilizada. Porém, a tendência é que as drogas e a sedação sejam diminuídas no final da tarde e que os tubos sejam retirados.

Ele se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde é observado após ter a perna amputada após mais de quatro horas de cirurgia com a equipe de traumatologia do Hospital da Restauração (HR).

Ataque tubarão

A vítima também passou por um procedimento de revascularização no braço direito devido a extensão da lesão. A revascularização é feita quando as veias e artérias são unidas para restabelecer a circulação sanguínea.

A mãe de Pablo Diego já está em Recife para conversar com os médicos na unidade de Saúde enquanto pesquisadores do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) buscam informações para identificar a espécie do tubarão pela mordida na vítima. Fonte Portal Noar.

Faça Seu Comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Comentários

disse:

em 31/12/1969 - 09:12