Governador informou que vai se manifestar apenas por seu advogado, que assina a nota - 15/08/2017

Governador Robinson Faria nega irregularidades durante exercício de mandato de deputado estadual

Depois das diligências realizadas pela Polícia Federal na manhã dessa terça(15) – veja matérias relacionadas -, o governador Robinson Faria se manifestou por nota, assinada por seu advogado, negando irregularidades durante seus mandatos de deputado estadual na Assembleia Legislativa. Leia abaixo nota na íntegra.

NOTA

O Governador Robinson Faria nega veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual, encerrado em 2010 e reforça que sempre esteve à disposição para prestar qualquer esclarecimento.

Apesar de não concordar com a diligência realizada nesta data, tem profundo respeito pela justiça e confia no rápido restabelecimento da verdade.

Até o momento a defesa não teve acesso aos autos.

José Luis Oliveira Lima
Advogado

Comente

Ex-procuradora da AL entregou tudo que sabe sobre os três poderes do Estado - 15/08/2017

[EXCLUSIVO] Rita das Mercês delatou Executivo, Legislativo e Judiciário do RN ao MPF

A ação da Polícia Federal nesta terça-feira em Natal contra o governador Robinson Faria é a primeira diligência resultado da delação premiada que a ex-procuradora da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, negociou com o Ministério Público Federal.

A ex-procuradora foi alvo em 2015 da Operação Dama de Espadas, coordenada pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

A colaboração de Rita, no entanto, passou longe da Procuradoria Geral de Justiça. Ela preferiu entregar o que sabe ao MPF por temer que houvesse interferência no Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Feita há pouco mais de dois meses, a delação de Rita foi negociada em acordo conduzido pelo procurador da República Rodrigo Teles, a quem Rita narrou crimes na administração dos três poderes do Rio Grande do Norte e deixou claro que não é ela a dama de espadas.

Ao entregar o Executivo, Judiciário e Legislativo, a ex-procuradora da Assembleia Legislativa sabia que inevitavelmente o foro seriam os tribunais superiores, já que perante o STJ respondem o governadores e desembargadores.

A reportagem confirmou que pelo menos um membro do Tribunal de Justiça foi delatado ao Ministério Público Federal.

Com a negociação direta com o MPF, as instâncias locais ficarão agora obrigadas a seguir todos os procedimentos que vão derivar do Superior Tribunal de Justiça.

Tais procedimentos deverão incluir novas frentes de investigações, já que Rita entregou esquemas de desvios de recursos públicos celebrados em fraudes em contratos, o que incluirá no escândalo agentes do setor produtivo.

Até a publicação desta reportagem, o governador Robinson Faria ainda não havia se manifestado a respeito da ação desta terça. Fonte Portal noar.

Comente

Mentiroso - 15/08/2017

Patricia Abravanel posta foto de Pinóquio e chama diretor da JBS de mentiroso

Patrícia Abravanel é mulher do deputado federal Fabio Faria

© Silvana Garzaro/Estadão Patrícia Abravanel é mulher do deputado federal Fabio Faria

Em sua conta oficial no Instagram, a apresentadora Patricia Abravanel desabafou sobre ter o seu nome envolvido no escândalo de corrupção da empresa JBS.

Durante delação do empresário Ricardo Saud, ela foi acusada de participar de um jantar na casa do acionista Joesley Batista, em que foi negociada propina para seu marido e deputado federal Fabio Faria (PSD-RN), além do sogro e governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD-RN).

A apresentadora publicou uma foto do personagem Pinóquio e atacou o executivo da empresa frigorífica na legenda da imagem.

“Sim, eu estou processando Ricardo Saud da JBS por danos morais. Ele mentiu e ligou o meu nome e o da minha família a algo terrível como negociação de propina! Um absurdo! Quero aqui deixar claro que qualquer quantia ganha nessa ação será doada. Só não poderia deixar uma calúnia dessas passar em branco”, escreveu a filha de Silvio Santos.

Nos últimos dias, o nome de Patricia Abravanel e da também apresentadora Ticiana Villas Boas, esposa de Joesley Batista, estiveram nos principais noticiários do País.

Na Justiça, Patricia tenta anular a delação de Saud, usando um áudio enviado por Ticiana a ela: “Aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver… do que falaram, foi um jantar normal. Eu não vi nada de dinheiro, nada que beirasse o ilícito. Se você for chamada para depor, eu vou ser… ou tiver qualquer tipo de implicação pra você, eu sou sua testemunha”.

Comente

operação Rosa dos Ventos - 15/08/2017

PF faz operação de combate a esquema de sonegação de R$ 3 bi

Operação Rosa dos Ventos Polícia Federal: Policia Federal inicia a operação Rosa dos Ventos, para apurar crimes contra a ordem tributaria, lavagem de dinheiro, falsificação de títulos públicos e negociações envolvendo pedras preciosas. Ao total são 36 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de prisão temporária, expedidos pela 9ª vara federal de Campinas, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal – 15/08/2017

© Folhapress Policia Federal inicia a operação Rosa dos Ventos, para apurar crimes contra a ordem tributaria, lavagem de dinheiro, falsificação de títulos públicos e negociações envolvendo pedras preciosas. Ao total são 36 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de prisão temporária, expedidos pela 9ª vara federal de Campinas, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal – 15/08/2017

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça (15), em Campinas, a Operação Rosa dos Ventos, que investiga crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro, falsificação de títulos públicos e negociações de pedras preciosas. Segundo a PF, as práticas ilícitas causaram um prejuízo de 3 bilhões de reais em impostos sonegados e multas não pagas.

A 9ª Vara Federal de Campinas expediu 36 mandados de busca e apreensão e 24 de prisão temporária. Além da cidade do interior paulista, os agentes da PF atuam em Brasília, Cotia, São Paulo, Paulínia, Belo Horizonte, Guarujá, Santa Rita do Passa Quatro, Mogi Mirim, Americana, Anápolis, Santa Helena e Goiânia.

As investigações começaram há quatro anos, após a Receita Federal descobrir crimes de sonegação fiscal em uma distribuidora de combustíveis em Paulínia, no interior de São Paulo.

A apuração da PF indica que as distribuidoras eram registradas em nome de laranjas, que não recolhiam os tributos necessários para o funcionamento dos negócios. O esquema fraudulento permitiria aos criminosos, então, oferecer preços menores e obter lucros maiores. A concorrência desleal pode ter levado empresas legítimas a fechar as portas.

Os investigados são suspeitos de falsificar títulos da dívida pública da União para ampliar o capital social das empresas e facilitar a obtenção de financiamentos. Em um dos documentos forjados, a dívida representada era de 32 bilhões de reais.

O uso de laranjas também teria o objetivo de proteger os verdadeiros donos de dezenas de empresas. Assim, o patrimônio pessoal dos empresários era protegido por meio de empresas localizadas em paraísos fiscais.

Foram recolhidas provas de evasão de divisas, fraudes envolvendo pedras preciosas e fraudes à execução processual, cujo objetivo era frustrar o direito de terceiros aos bens, sobretudo o fisco. Segundo a PF, um lote de pedras preciosas estava sendo negociado pelos membros da organização por 650 milhões de dólares (cerca de 2 milhões de reais).

Os investigados devem responder pelos crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, crimes de mineração, evasão de divisas, crimes de mineração e falsificação de papéis públicos, com penas de seis meses a dez anos de prisão e multa.

Comente

Dia 19 com Destino ao Rio Peracabu. - 14/08/2017

Poço Branco: 3º Passeio dos Loucos por Trilha

Comente

A assessoria de imprensa do TJMT informou que não se trata de erro e que divulgará nota ainda hoje para explicar o salário milionário - 14/08/2017

Juiz de MT recebe contracheque de quase meio milhão de reais

No mês de junho, o juiz recebeu R$ 53.432,92 líquido

O juiz Mirko Vincenzo Giannotte, da 6ª Vara de Sinop (MT), recebeu no mês de julho R$ 415.693,02 líquido de salário, segundo dados do portal da transparência do Tribunal de Justiça do Mato Grosso. O valor bruto pago foi de R$ 503.928,79.

O rendimento inclui uma  indenização de R$ 137.522,61, mais R$ 40.342,96 de vantagens eventuais e R$ 25.779 de gratificações.

Procurada pela Coluna, a assessoria de imprensa do TJMT informou que não se trata de erro e que divulgará nota ainda hoje para explicar o salário milionário do juiz no mês de julho. Segundo a assessoria, o pagamento do valor foi autorizado pelo CNJ.

No mês de junho, o juiz recebeu R$ 53.432,92 líquido. O valor bruto foi de R$ 65.872,83. Fonte Agora RN.

Comente

Vagas vão atender à demanda por pessoal das novas unidades de produção no pré-sal da Bacia de Santos, conforme programado no PNG 2017-2021 - 14/08/2017

Petrobras abre processo seletivo público para 159 vagas de nível médio e superior

Petrobras divulga edital de novo processo seletivo público (PSP RH 2017.1) para preenchimento de 159 vagas

A Petrobras divulga edital de novo processo seletivo público (PSP RH 2017.1) para preenchimento de 159 vagas e formação de cadastro para cargos de níveis médio e superior em diversas cidades do Brasil. Há postos de trabalho nos estados do Rio de Janeiro , São Paulo, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Amazonas. As inscrições estarão abertas de 15 de agosto a 04 de setembro.

Essas vagas vão atender à demanda por pessoal das novas unidades de produção no pré-sal da Bacia de Santos, conforme programado no PNG 2017-2021, e de forma a complementar um processo de mobilidade interna que já está em curso.

No nível superior, há 4 vagas para o cargo de Médico(a) do Trabalho Júnior e o cadastro esperado é de 20 candidatos.

No nível médio, há 155 vagas no total, para os cargos de Técnico(a) de Enfermagem do Trabalho Júnior (1), Técnico(a) de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior (12), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Caldeiraria (1), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Elétrica (15), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Instrumentação (6), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Mecânica (22), Técnico(a) de Operação Júnior (78) e Técnico(a) de Segurança Júnior (20). O cadastro esperado é de 775 candidatos.

As inscrições serão realizadas somente pelo site da Fundação Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br/). O valor será de R$ 67,00 (sessenta e sete reais) para o cargo de nível superior e R$ 47,00 (quarenta e sete reais), para os de nível médio. As provas objetivas estão agendadas para o dia 01/10/2017.

A garantia de remuneração mínima para o cargo de nível superior é de R$ 9.786,14. e, para os cargos de nível médio, R$ 3.681,63 (Técnico de Enfermagem do Trabalho Júnior) e R$ 4.436,38 (demais cargos). A Petrobras oferece previdência complementar (opcional), plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia), além de benefícios educacionais para dependentes, entre outros.

O processo seletivo terá validade de doze meses, podendo ser prorrogado por igual período uma vez, a critério da Petrobras. O edital completo, contendo cargos, polos de trabalho, localidades, vagas, cidades de provas, requisitos e remuneração pode ser consultado no site da Petrobras (www.petrobras.com.br) ou no da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

Comente

João Dória e Flávio Rocha serão homenageados nesta quarta - 14/08/2017

Empresário ressalta serviços prestados a Natal por Dória e Flávio Rocha

A Câmara Municipal de Natal vai entregar o título de Cidadão Natalense ao prefeito de São Paulo, João Doria Junior, e a medalha Frei Miguelinho ao empresário do grupo Guararapes, Flávio Rocha. A solenidade acontece nesta quarta-feira (16), às 10h, no Teatro Riachuelo, e será comandada pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Ney Lopes Júnior (PSD) .

O atual chefe do Executivo municipal de São Paulo tem história com a capital potiguar quando ocupou a presidência da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) entre os anos de 1986 a 1988. Doria adotou Natal como destino turístico levando representantes do Poder Público e empresários da cidade para participar pela primeira vez de feiras internacionais colocando Natal destino turístico conhecido mundialmente.

À época, foi feito a primeira folheteria bilíngue com imagens de Natal e das belezas naturais. Além disso, firmou convênio com o Governo do Estado financiando toda a infraestrutura turística (estradas, pavilhão do Centro de Convenções, terminais turísticos, reforma do aeroporto Augusto Severo), com recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur).

Ainda dentro de sua gestão na Embratur, foram financiados os projetos dos primeiros hotéis da Via Costeira, restaurantes e equipamentos de entretenimento e lazer da capital. Outra iniciativa foi a criação do Passaporte Brasil, que proporcionava descontos para turistas em hotéis, companhias aéreas, restaurantes, comércio eletrônico, dentre outros e Natal foi muito divulgada por meio desta ferramenta de marketing.

Para o secretário geral do Sindicato do Turismo (Sindetur), Murillo Felinto, a entrega do título a Doria também é “oportunidade de estreitar possibilidades de parcerias entre as capitais o que pode representar bons negócios para Natal levando em consideração que São Paulo é um dos principais polos emissores de turistas para a capital do Rio Grande do Norte”.

Já Flávio Rocha, que exerceu o mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Norte por dois mandatos (1987 a 1995) e será agraciado com a maior honraria do poder Legislativo municipal, tem uma história com Natal pelas empresas do grupo Guararapes, que geram empregos e movimentam a economia da capital potiguar há décadas.

Ele também é presidente das Lojas Riachuelo e um dos sócios do Midway Mall, maior shopping do estado gerando centenas de empregos a capital do Estado. Portal noar.

Comente

Reforma da Previdência - 14/08/2017

Temer reúne poucos votos a favor da reforma da Previdência

Temer reúne poucos votos a favor da reforma da Previdência: A avaliação dos aliados do presidente contabiliza 150 votos favoráveis à reforma da Previdência

 A avaliação dos aliados do presidente contabiliza 150 votos favoráveis à reforma da Previdência

O final de semana serviu para os aliados de Michel Temer (PMDB) avaliarem a força do capital político do presidente e calcular os possíveis votos para aprovar a reforma da Previdência. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, um deputado contabilizou que o governo tem apenas 150 votos certos em apoio às novas regras de aposentadoria.

Nesta segunda-feira (14), o mapeamento será entregue ao presidente.

A publicação destaca que, antes da denúncia, o governo contava 255 apoios à Previdência. No entanto, 105 deles votaram pelo afastamento de Temer e agora são considerados incógnitas quanto às mudanças na aposentadoria.

O Planalto deve cruzar as estimativas para definir a política de redistribuição de cargos do governo. A equipe de Temer avalia que Temer deve adiar o corte de cargos de integrantes da base que já foram simpáticos às novas regras, mas votaram a favor da denúncia de Janot.

Enquanto isso, a divisão de cargos que foram retirados de deputados que votaram pelo afastamento de Temer está criando problemas para o Planalto. Alguns partidos estão reivindicando a nomeação para um mesmo posto.

Um exemplo é o comando da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), que foi reivindicado pelo PP e também por aliados do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O cargo fico para o DEM.

Comente

Cassação - 14/08/2017

Justiça anula ato da Câmara de Vereadores que extinguiu mandato do prefeito de Barcelona

O juiz Daniel Mesquita Monteiro Dias, da comarca de São Tomé, anulou o ato administrativo publicado pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Barcelona, que declarou extinto o mandato de prefeito exercido por Carlos Zamith de Souza.

Carlos Zamith de Souza ajuizou a ação contra suposto ato ilegal praticado pela Câmara de Vereadores de Barcelona, nas pessoas de seu presidente Francisco Ferreira Filho, além dos vereadores Fabiano Lopes Pereira e Israel Leonidas de Medeiros Mafra.

Segundo o autor, em sessão ordinária ocorrida no dia 8 de novembro de 2016, a Câmara Municipal foi provocada por cidadãos, no sentido de existir apuração, em dois processos judiciais, a respeito da suspensão dos direitos políticos do atual prefeito.

Relatou que, a partir disso, foi instaurado processo de apuração, no qual ficou deliberado, no dia 18 de janeiro de 2017, a declaração de extinção do cargo de prefeito de Carlos Zamith. Afirmou que a decisão é abusiva e ilegal, considerando que não houve o trânsito em julgado dos processo que fundamentam a decisão.

Considerou ainda afronta direta ao disposto no art. 20 da Lei nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa). Assim, ingressou na justiça objetivando a suspensão do ato administrativo adotado e o consequente retorno ao cargo.

Decisão

Para o magistrado, diversamente da condenação criminal, individualmente mais grave, a perda do cargo e a suspensão dos direitos políticos possuem efeitos coletivos mais gravosos a ensejar a definitividade do julgamento para sua execução, buscando atender os princípios da segurança jurídica e a própria democracia eleitoral.

“Assim, a Câmara de Vereadores não tem competência para extinguir o cargo do Chefe do Executivo, antes do trânsito em julgado dos processos de improbidade administrativa, nem dar inicio ao cumprimento das sanções ex officio”, assinalou o juiz Daniel Monteiro Dias.

Ele salientou, ainda, que a competência para interpretar legislação federal de efeitos nacionais de maneira como a desejada pela Casa de Vereadores é o Superior Tribunal de Justiça em primeiro plano e, pelo viés Constitucional, pelo Supremo Tribunal Federal. “Não cabe ao órgão legislativo conferir interpretação de dispositivo expresso, principalmente, quando a prejudicar o candidato diretamente interessado”, concluiu.

(Processo nº 0100590-17.2016.8.20.0155)

Comente

Cb Irinaldo está internado na UTI do Hospital Almeida Castro precisando de uma ressonância magnética e 36 ampolas de 500mm de polimixina B. - 14/08/2017

Pedido de ajuda aos companheiros de farda

Imagem

Cb Irinaldo está internado na UTI do Hospital Almeida Castro

O cabo PM Manoel Irinaldo precisa de nossa ajuda. Ele está internado na UTI do Hospital Almeida Castro precisando de uma ressonância magnética e 36 ampolas de 500mm de polimixina B. para não interromper o tratamento que já está fazendo.

A ressonância magnética, a família está fazendo um esforço e certamente vai conseguir nesta segunda-feira, dia 14.

 Já com relação a Polimixina B, foi solicitada a secretaria de segurança, Dr.Sheila Freitas, que, por sua vez, solicitou ao secretário de saúde, George Antunes. Depois de verificar nos hospitais do Estado, informou no início da noite deste domingo, dia 13, que não tem mais disponível. Só quando houver um novo abastecimento das farmácias dos hospitais.

Portanto, como tratamento de nosso companheiro não pode ser interrompido, pedimos ajuda dos amigos da Associação ajuda para comprar as 36 ampolas que faltam para concluir a primeira etapa do tratamento, que começou quarta-feira da semana passada.

 Através de amigos que trabalham no hospital, consegui um orçamento. Esta medicação não é vendida em farmácia. É medicação hospitalar. Cada ampola sai por R$ 58,90. Só vendem caixa lacrada com 25 unidades de 500mm. No caso, teremos que comprar 2 caixas de 25.

O valor das duas caixas é R$ 2.945,00.

A família do Cabo Irinaldo não tem este valor.

Segue a conta da irmã do Cabo Irinaldo para quem poder contribuir.

ANTÔNIA ZILMA DA SILVA

AG. 0036-1

C/C 88.301.853-5

BANCO BRASIL

O Câmara.

Comente

José Sanderson da Silva de 25 anos, é a 152ª Morte violenta em 2017 em Mossoró - 14/08/2017

Popular é morto a pauladas ou pedradas no Costa e Silva

Imagem

Mais uma morte violenta foi registrada na madrugada de hoje, 14 de agosto, na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.

José Sanderson da Silva, de aproximadamente 25 anos de idade, que residia próximo a antiga base da Rocam, no conjunto Vingt Rosado, foi encontrada morto numa rua de acesso à lagoa de captação do bairro Costa e Silva, apresentando ferimentos na cabeça.

Segundo o perito criminal, Renildo Marcelino, os hematomas, são compatíveis e podem ter sido causados por pauladas ou pedradas ou os dois.

Como não foi encontrado pedaços de madeira e nem pedras, fica impossível saber no local, qual instrumento teria sido utilizado para matar a vítima, segundo o perito. Pelo estado de rigidez cadaverica, o perito acredita que Sanderson tenha sido morto durante a madrugada.

A policia militar, atendeu a ocorrencia e fez o isolamento do local para os procedimentos da equipe de plantão no Instituto Técnico-Científico de Perícia, Itep, para onde o corpo de José Sanderson da Silva e será necropsiado. Fonte o Câmara.

Comente

Projeto de lei foi encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado. Associação critica projeto e teme 'terceirização' dos serviços. - 14/08/2017

Governo quer contratar militares temporários para o Corpo de Bombeiros do RN

Por G1 RN

Corpo de Bombeiros do RN tem déficit de militares e pretende contratar terceirizados.  (Foto: Sesed/Divulgação)

Corpo de Bombeiros do RN tem déficit de militares e pretende contratar terceirizados. (Foto: Sesed/Divulgação)

O governo do Rio Grande do Norte encaminhou para a Assembleia Legislativa do Estado no último dia 8 um projeto de lei que o autoriza a contratar guardas-vida e engenheiros temporários para o Corpo de Bombeiros. A associação dos bombeiros criticou a medida e classificou como precendente 'perigoso' para a 'terceirização' da corporação.

A contratação de militares temporários precisa ser autorizada por lei porque não é prevista na legislação estadual.

O G1 entrou em contato na manhã desta segunda-feira (14) com a assessoria do Corpo de Bombeiros e solicitou uma entrevista com o comandante-geral, ou uma nota da corporação sobre o objetivo e o modelo das contratações, além do impacto financeiro. Até o momento não houve pronunciamento sobre o assunto.

O projeto que está no Legislativo prevê contratação de guardas-vida e engenheiros temporários. Os contratos devem ser de cinco meses para o caso dos guardas e de um ano, prorrogável por igual período, para o caso dos engenheiros.

Não há, no texto proposto, uma estimativa de gastos nem quantidade de servidores a serem contratados. Mas ele estabelece que as despesas entrarão nas dotações orçamentárias do Corpo de Bombeiros Militar.

"A mensagem enviada ao parlamento não prevê, por exemplo, o limite de contratações. Além disso, abre a possibilidade de contratação de engenheiros por até dois anos de forma simplificada, o que demanda um acompanhamento do Ministério Público para verificar o preenchimento regular dessas vagas", considerou a associação do Corpo de Bombeiros, em nota publicada no seu site.

 

Déficit

 

O presidente da associação, Dalchem Viana, considera que o projeto não deixa claro como será a seleção desses servidores temporários. "É um cheque em branco", argumenta. Também aponta que, diante de um quadro reduzido de servidores efetivos, as contratações causam risco de futura 'precarização' das relações trabalhistas.

De acordo com ele, atualmente existem cerca de 580 bombeiros para todo o estado. Pela lei, deveriam ser 1.065 militares. "Mas esse cálculo é de 2002, 15 anos atrás. Se levarmos em conta que a população de Natal e do Estado praticamente dobrou nesse período, precisamos de 2 mil", calcula.

Comente

Velório e enterro aconteceram na tarde desta segunda-feira (14). Corpo do policial foi encontrado em região de mangue no domingo (13). - 14/08/2017

PM morto em troca de tiros com bandidos no rio Potengi é sepultado em Parnamirim

Por G1 RN

Cerimônia reuniu familiares, amigos e policiais em Parnamirim (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

Cerimônia reuniu familiares, amigos e policiais em Parnamirim (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

O subtenente aposentado da PM Amaurí Soares Firmo, de 51 anos, foi sepultado no Cemitério de Parnamirim, na Grande Natal, na tarde desta segunda-feira (14). O velório aconteceu na Igreja Batista da mesma cidade, e durou aproximadamente uma hora.

O corpo do policial da reserva foi encontrado pelas equipes de busca do Corpo de Bombeiros na noite deste domingo (13) em uma área de mangue. Amaurí estava desaparecido desde a última quinta-feira (10), quando trocou tiros com criminosos no rio Potengi, na Zona Leste de Natal.

Amaurí e dois amigos pescavam em um barco quando foram atacados. Os amigos pularam na água e se salvaram. Um dos bandidos foi ferido e socorrido. Os demais fugiram em uma canoa.

O velório e o enterro reuniram vários amigos, familiares, companheiros de trabalho e também do grupo de pesca do qual participava Amaurí Firmo. O corpo foi levado em cortejo ao cemitério, guiado por batedores da Polícia Militar.

 

O ataque

 

Além do subtenente Amaurí, também estavam no barco o sargento João Maria da Silva e um amigo, que é civil. Eles pescavam quando uma canoa se aproximou. A polícia investiga se os criminosos tinham a pretensão de assaltar ou atiraram contra o barco achando que o grupo fazia parte de alguma facção criminosa rival.

Em meio ao tiroteio, o sargento e o amigo pularam na água. Atingido pelos disparos, o subtenente não conseguiu escapar e desapareceu no rio. Um dos criminosos, ferido, de alguma forma chegou ao hospital em busca de socorro. Lá, ele foi atendido e preso.

O amigo dos policiais foi o primeiro a ser encontrado. Ele nadou até a área onde fica a Cavalaria da PM e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Zona Norte da cidade, e lá conseguiu se abrigar. O sargento ainda passou mais de 5 horas escondido em um viveiro de camarão, até ser encontrado e resgatado. Ambos passam bem, apesar do trauma.

Comente

Durante esse final se semana a PRF realizou 381 testes de bafômetro, onde quatorze motoristas foram autuados, dos quais quatro foram presos - 14/08/2017

PRF cumpre mandado de prisão por roubo e prende italiano por embriaguez ao volante

Durante a abordagem o condutor informou que estava sem os documentos pessoais e do veículo

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da manhã deste domingo (13), no km 218 da BR 101, em São José de Mipibu, um jovem de 22 anos, condutor de uma moto.

Por volta das 10h30, foi fiscalizada uma motocicleta que seguia no sentido Paranamirim/São José de Mipibu. Durante a abordagem o condutor informou que estava sem os documentos pessoais e do veículo.

No detalhamento da fiscalização, os PRFs descobriram que havia um mandado de prisão em aberto, em desfavor do motociclista, expedido pela segunda vara criminal de Natal, por crime de assalto, praticado no bairro de Mirassol no ano de 2016.

Embriaguez

No final da tarde de sábado 12, após a realização de uma manobra arriscada, foi fiscalizado um Ford KA no perímetro urbano da BR 101, em Parnamirim. O veículo era conduzindo por um italiano de 59 anos, residente há mais de cinco anos no Brasil.

Como havia suspeita de uso de bebida alcoólica, foi solicitado ao condutor que fizesse o teste de etilômetro. Após o procedimento, foi constatado um teor de 0,54 mg/l. O valor aferido é quase o dobro do percentual que é considerado crime.

Durante esse final se semana a PRF realizou 381 testes de bafômetro, onde quatorze motoristas foram autuados, dos quais quatro foram presos.

As ocorrências foram encaminhados à central de flagrantes de Natal, para os procedimentos cabíveis. Agora RN.

Comente

Assalto aconteceu por volta das 10 horas, na avenida Floriano Peixoto, próximo a uma escola de pintura onde o filho do desembargador estava participando de uma - 14/08/2017

Carro do ex-presidente do TJRN é roubado; motorista foi levado como refém

Desembargador e ex-presidente do Tribunal de Justiça, Cláudio Santos

O desembargador e ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Cláudio Santos, teve o carro roubado em um assalto na manhã desta segunda-feira, em Petrópolis, zona Leste de Natal. O desembargador não estava no carro na ocasião, os criminosos levaram o motorista da família junto com o veículo, que foi liberado mais tarde no Gramoré, zona Norte da capital.

O assalto aconteceu por volta das 10 horas, na avenida Floriano Peixoto, próximo a uma escola de pintura onde o filho do desembargador estava participando de uma aula. Os criminosos renderam o motorista que estava esperando o filho do desembargador, e o levaram junto com o veículo do modelo Ford Ka na cor branca.

Cláudio Santos que também foi ex-secretario de segurança pública do RN, no governo Wilma, só foi avisado do assalto depois que o motorista, que trabalha a dois anos com a família, foi liberado pelos criminosos. O motorista não saiu ferido, e o carro ainda não foi localizado. Agora RN.

Comente

Em peça encaminhada a Glauber - 14/08/2017

Juiz pede ao TJRN que mantenha Raniere afastado

O juiz José Armando Ponte Dias Júnior, da 7ª Vara Criminal de Natal, defendeu ao desembargador Glauber Rêgo a manutenção do afastamento do vereador Raniere Barbosa, em ação de mandado de segurança que tramita sob sigilo mas cuja cópia foi obtida com exclusividade pela reportagem do portalnoar.com

O magistrado pede que o mandado seja negado por ser instrumento inadequado. Ele, que aponta que a maneira correta deveria ser recursos de apelação, junta à sua argumentação áudios interceptados pelo Ministério Público para apontar que, mesmo como presidente da Câmara de Vereadores, Raniere manteve influência sobre a gestão da Secretaria de Serviços Urbanos de Natal (Semsur).

Na argumentação a Glauber Rêgo, Armando Pontes esclarece que Raniere, ainda na condição de secretário da Semsur, convidou as empresas que teriam concorrido para fraudes para realizar contratos emergenciais. O magistrado destaca que os dispositivos podem ter sido superfaturados.

Após listar outras suspeitas de fraude, como convidar uma das empresas para competir com ela mesmo, Armando Ponte assinala que, já na condição de presidente da Câmara de Vereadores de Natal, Raniere Barbosa continuou com o “absoluto controle político-administrativo” da Semsur, tendo Raniere interferido “em várias oportunidades, em assuntos internos da Semsur, e por vezes até em assuntos internos das empresas pernambucanas, valendo-se, em algumas oportunidades, da função de Presidente da Câmara Municipal de Natal”.

Para sustentar seu posicionamento, o magistrado juntou a transcrição de diálogos à peça que encaminhou a Glauber Rego.

Influência

Em uma conversa interceptada em 8 de fevereiro deste ano, “Valério conta que encontrou com Jerôniomo e que este relatou sobre uma reunião que teve no gabinete de Raniere. Que Raniere pediu para demitir alguns servidores da Semsur, Kelly e Gustavo, como sinal de bom relacionamento, pois os pedidos da secretaria para a Câmara seriam diferenciados”, destaca trecho das conversas.

Noutro trecho, dois investigados conversam sobre uma lista de 15 indicados de Raniere na Semsur. A conversa é de 22 de março deste ano.

O juiz Armando Pontes ainda destaca a relação de proximidade de Raniere com os empresários investigados.

“Não custa nota ainda que Raniere Barbosa é chamado pelo investigado Felipe Gonçalves de ‘Monarca'”, diz o magistrado, antes de arrematar:

“Não temos qualquer dúvida da ascendência e do poder que Raniere Barbosa ainda vinha exercendo na Semsur à custa das funções de vereador e de presidente da Câmara Municipal de Natal, sendo, em nosso sentir, imprescindível e absolutamente necessário à garantia da ordem pública e à correta apuração dos gravíssimos fatos aqui narrados o afastamento de Raniere Barbosa das funções de vereador e de presidente do Legislativo Municipal”, destaca Armando Pontes.

A defesa de Raniere Barbosa ainda não se manifestou. Fonte Portal noar.

Comente

Promotoria de Justiça apurou que escola está funcionando sem credenciamento emitido pelos órgãos estaduais competentes - 14/08/2017

MPRN recomenda fechamento de curso profissionalizante em Poço Branco

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Poço Branco, expediu recomendação para que a Escola Técnica Profissionalizante Excelência Cursos encerre de forma imediata a oferta de cursos. De acordo com o que foi apurado em inquérito civil, a escola não possui credenciamento e nem autorização de funcionamento emitidos pelo órgão estadual competente, como previsto em resolução do Conselho Estadual de Educação.

A recomendação também solicita à Subcoordenadoria de Organização e Inspeção Escolar, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, que, no prazo de 15 dias, adote as medidas administrativas cabíveis em relação à entidade de ensino, inclusive o de encerramento das atividades, caso seja necessário.

Para o MPRN, a inexistência das licenças obrigatórias pode comprometer a qualidade do serviço e gerar prejuízos de ordem moral e material, já que a escola não pode expedir certificados de conclusão de curso.

O documento lembra ainda que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação estabelece que o ensino é livre à iniciativa privada, desde que cumpridas as normas gerais da educação nacional e do respectivo sistema de ensino, com a autorização de funcionamento e avaliação de qualidade pelo poder público.

A Promotoria de Justiça estabeleceu o prazo de 30 dias para que sejam prestadas informações ao MPRN acerca das providências adotadas em cumprimento à recomendação, sob pena de serem tomadas as medidas cabíveis, inclusive pela via judicial.

Confira aqui a recomendação

Comente

Confusão aconteceu neste sábado (12). Preço correto, segundo a loja, seria R$ 2.900. Estabelecimento impediu as vendas e foi autuado pelo Procon. - 14/08/2017

Em Natal, loja oferece smart TV por R$ 279 e causa confusão ao dizer que errou preço na etiqueta

Por G1 RN

Antes de a etiquetra ser retirada, uma cliente fotografar o valor exposto pelo produto (Foto: Roberto Lucena)

Antes de a etiquetra ser retirada, uma cliente fotografar o valor exposto pelo produto (Foto: Roberto Lucena)

A venda de TVs LCD de 55 polegadas em um supermercado na Zona Sul de Natal gerou uma confusão entre consumidores e representantes da loja. Aconteceu na tarde deste sábado (12). É que a etiqueta indicava que televisor custava R$ 279. Segundo a loja, o preço estava errado e o certo deveria ser R$ 2.999. Como as vendas foram impedidas, o estabelecimento foi autuado e tem 10 dias para se defender.

Oito clientes tentaram adquirir as TVs pelo preço da etiqueta. Entretanto, os vendedores impediram a compra assim que perceberam o preço. O Procon foi acionado e autuou a loja. O G1 tentou falar com a direção do supermercado, mas não conseguiu contato.

Um dos clientes impedidos de fazer a compra foi o administrador de empresas Alan Rodrigo Conceição Alves. Ele contou que os funcionários da loja não deixaram que ninguém levasse as TVs. “Um vendedor arrancou a etiqueta da mão de uma mulher, mas ela já tinha tirado uma foto”, relatou.

"A loja não vendeu e foi autuada pelo Procon, que deu 10 dias para que o supermercado explique o que houve. Se ficar entendido que nós estamos certos, a loja terá que nos vender pelo preço que foi anunciado. Ou, ainda pode tentar fazer um acordo conosco", disse Alan.

A etiqueta indicava o preço de R$ 279, com possibilidade de ser dividido em até 10 vezes sem juros, ou em 24 vezes com acréscimo.

Equipe do Procon esteve na loja e autou o estabelecimento  (Foto: Roberto Lucena)

Comente

Entidade quer entregar a Robinson Faria medidas efetivas para a melhoria da segurança pública. Em menos de 8 meses, número de homicídios é 25,2% maior que - 14/08/2017

Com a marca de 1.500 homicídios, Fórum de Segurança Pública do RN cobra ‘bom senso’ do governador

 G1 RN

Em menos de 8 meses, Rio Grande do Norte já soma 1.500 homicídios (Foto: Marcelino Neto)

Em menos de 8 meses, Rio Grande do Norte já soma 1.500 homicídios (Foto: Marcelino Neto)

O Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte – entidade que reúne instituições de segurança pública do estado – quer ‘bom senso’ do governador Robinson Faria para que ele tome medidas efetivas contra a criminalidade. Neste fim de semana, o RN chegou a marca de 1.500 homicídios registrados em menos de 8 meses – um crescimento de 25,2% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os números são do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa os crimes contra a vida. O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) para comentar os dados e a ainda aguarda um posicionamento do governo.

“A nós, que arriscamos constantemente nossas vidas, resta acreditar no bom senso do governador do Rio Grande do Norte em receber o Fórum de Segurança Pública do RN para que possamos entregá-lo medidas efetivas para melhoria da segurança pública. Ratificamos o compromisso com a sociedade potiguar, na ocasião em que pedimos o seu apoio ao binômio segurança pública/valorização profissional”, destaca a carta (leia a íntegra no final da matéria).

Ainda de acordo com o Fórum, as 1.500 mortes ocorridas até o momento este ano, além de deixarem perplexa a sociedade, também frustram os operadores da segurança pública. “As feridas expostas da segurança pública do RN já nos é velha conhecida. A falta de gestão, a tomada de decisão desconexa com as demandas sociais, a ausência de convite da base para efetivamente participar da formulação de políticas efetivas de combate à criminalidade, a falta de estrutura, um judiciário insulado e em castas com uma poupança robusta capitalizando o dinheiro da população, um Ministério Público ocupado com pagamento de super salários aos seus integrantes e um governo reativo, formaram a mistura perfeita para eclosão do caos”, acrescenta.

Por fim, os representantes do fórum dizem que “é hora de dar um basta” e que “é preciso ter compromisso em ouvir e atender a quem realmente, à preço de sangue, tem tentado ser a última barreira de proteção entre cidadãos e os criminosos”.

Comente